Estudo que analisa setor de manutenção aponta desvalorização da mão de obra nos últimos cinco anos

Anualmente desenvolvemos o Estudo de Manutenção, que traz os principais indicadores, práticas e referências salariais para os cargos do setor. Após serem analisadas as evoluções salariais por categorias e por regiões do país, pela primeira vez em cinco anos, o reajuste dos salários de profissionais do setor de Manutenção foi negativo, em comparação com o INPC. O dado representa uma mudança muito representativa, tendo em vista que este setor historicamente é um dos mais valorizados e concorridos das empresas e, nos últimos 5 anos, havia acumulado crescimento de mais de 50% acima da inflação.

Um dos exemplos mais significativos aconteceu na Grande São Paulo: considerando a diferença entre os reajustes salariais e o INPC em 2010 e 2014, só este segmento teve uma perda salarial de até 75%.

Para Flávio Pavan, gerente de Projetos e Pesquisas da Carreira Muller que foi responsável pelo desenvolvimento do estudo, o valor abaixo do esperado pode ser considerado reflexo do desaquecimento da economia no país e resultou nas perdas salariais para todos os cargos pesquisados.

A edição do Estudo deste ano contou com a participação de mais de 25 mil profissionais de manutenção de cerca de 800 empresas e teve uma amostra de dados composta por engenheiros, tecnólogos, técnicos e operacionais qualificados (eletricistas e mecânicos). As informações da pesquisa permitirão que as empresas façam um benchmarking com as demais organizações do setor, traçando planos mais efetivos e adotando uma abordagem mais assertiva em suas ações.

Queda na evolução salarial por categoria

As perdas na evolução salarial em comparação com o INPC foram bastante significativas nas 4 categorias avaliadas. Na grande São Paulo, no ano de 2010 por exemplo, a evolução salarial de um engenheiro era 36% acima do INPC, em 2014 essa diferença foi de 64% abaixo do índice, ou seja, apenas 2,2% de reajuste salarial, frente aos 6,2% do INPC. A categoria é a que acumula maior perda, mas a queda foi gradual também para tecnólogos, técnicos e operacionais qualificados como mecânicos e eletricistas, que são os que enfrentaram menor perda do período, de 68%.

Queda na evolução salarial por região

Se analisarmos o estudo do ponto de vista das regiões do país, as diferenças também são relevantes. Apesar da maioria delas apresentar um percentual acumulado acima do índice, todas tiveram uma queda no ano passado.

 

Manaus

Teve evolução acumulada cerca de 18% acima do índice para engenheiros e de os 37% para operacionais qualificados.

Nordeste

Teve valorização positiva significativa, com uma diferença acumulada entre 25% e 50% acima do INPC. Apesar disso, também está abaixo do índice de 2014.

Centro-Oeste

Estreante no estudo, a região também mostra desvalorização salarial. Em Goiás, o ajuste salarial em 2014 foi 38% abaixo do INPC para engenheiros e 28% para operacionais qualificados.

 

Para ter acesso ao Estudo de Manutenção na íntegra, clique aqui.

Carreira Muller | Construindo Sentidos

 

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há  3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Acesso gratuito ao módulo Free da ConsultaSalarial®:

Declaro ter ciência e aceitar as condições para navegar no módulo gratuito oferecido pela Carreira Muller:

1 – Para solicitar o acesso é necessário que sejam enviados os dados requisitados no questionário de coleta. As informações recebidas serão analisadas, por parte da Carreira Muller, e o envio destas não acarretará uma liberação automática do acesso.

2 – O prazo de retorno com a confirmação ou declínio do acesso leva até 2 dias úteis.

3 – A forma de comunicação utilizada pela Carreira Muller para informar tudo o que é necessário se faz pelo endereço de e-mail informado no momento do preenchimento do formulário. Portanto, aceitando este termo você também concorda com o recebimento de nossos e-mails. Caso deseje parar de recebê-los há um mecanismo à disposição em cada e-mail disparado.

4 – Não há custo algum para que as empresas selecionadas usufruam desse módulo Free.

5 – Todo o acesso é configurado com base na Razão Social informada pelo solicitante no questionário de coleta. Portanto, se o solicitante deixar a empresa (CNPJ) base cadastrada, o acesso também é desativado.

6 – O informante dos dados se responsabiliza pela veracidade das informações disponibilizadas e pode, a qualquer momento, requisitar a baixa de seu cadastro com a consequente eliminação de todos os dados por ele informados.

7 – Todo o acesso é feito pela nossa plataforma online (www.carreira.com.br) por meio de um login e senha. O login será gerado com base no e-mail corporativo informado nos dados, considerando o tópico 1, e a senha será configurada, pelo próprio solicitante, no primeiro acesso.

8 – O solicitante declara reconhecer que a Carreira Muller é titular exclusiva dos direitos de propriedade intelectual de todo o conteúdo publicado na plataforma. Está ciente que não poderá modificar, transferir, sublicenciar, vender, ou de qualquer forma, colocar à disposição de terceiros, os materiais supra referidos, nem os serviços prestados pela Carreira Muller, a não ser que haja autorização prévia e formal da Carreira Muller, sob pena de responder pelos danos decorrentes dessa conduta.

9 – Considerando a modalidade de oferta desse serviço, a Carreira se resguarda no direito de modificar ou suspender total ou parcialmente tais serviços a qualquer momento, independentemente de notificação prévia.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

ConsultaSalarial®

SalaryMark®

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee