Liderança é entrave para retenção de talentos em empresas

Recentemente divulgamos aqui no nosso blog um texto que abordava os resultados de um estudo realizado com 182 empresas a respeito das principais estratégias usadas pelas empresas para atrair, desenvolver e reter bons colaboradores. Nele ficou claro que há um desalinhamento entre as estratégias de atração e retenção em curso e os reais desafios das empresas.

E um dos pontos levantados pelo estudo que chama muito a atenção está relacionado à figura do Líder e o quanto ela influencia na permanência de um colaborador na organização. Segundo dados da pesquisa, 59% dos participantes apontam o posicionamento da liderança como a principal dificuldade para a retenção de talentos nas empresas, seguido do pacote de remuneração e benefícios (54%) e arquitetura de cargos (27%).

Infelizmente, entre as estratégias de retenção adotadas pelas empresas não aparece nenhuma direcionada para resolver essa questão – as principais são Plano de Sucessão e Recrutamento Interno (93%), Possibilidade de Desenvolvimento de Carreira (76%) e Reajuste/Revisão Salarial por Mérito (59%).

Maisa Diniz Pena Pirota, Consultora de Remuneração da Carreira Muller, atribui essa ausência por conta da maioria das empresas ainda acreditarem que estratégias de atração e retenção sejam responsabilidade apenas do RH.

A preparação das lideranças não faz parte das estratégias prioritárias das empresas, o que representa um grande entrave para o sucesso das ações de retenção. Isso acontece porque, usualmente, a crença é que o RH seria o único responsável pelo processo, o que não é verdade”, explica.

Segundo Maisa, esse quadro poderia ser revertido se houvesse um maior alinhamento entre a liderança, time liderado e a cultura empresarial:

“São comuns problemas por conta do desencontro entre a direção que a empresa quer seguir e a que seus líderes estão tomando. Assim, mais do que definir sua meta principal, a organização precisa operacionalizar a visão global, e, para isso, vai depender dos líderes. Se a ideia é alcançar resultados imediatos, é preciso ter essa mesma visão; se a proposta é o longo prazo, os líderes precisam transmitir o mesmo valor em cada atividade diária, e até mesmo no diálogo e na conduta. Ou seja, tudo depende do que a empresa quer e tem como cultura. E isso reflete diretamente na percepção que seus colaboradores terão a respeito dos líderes – e da própria empresa. Ou todos caminham na mesma direção ou sempre haverá esses desencontros e a retenção continuará sendo uma questão latente”, garante.

Que tal começar a colocar esse alinhamento em prática na sua empresa?

Se precisar de apoio, conte com a Carreira Muller.

Carreira Muller | Construindo Sentidos

 

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há a quase 3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

ConsultaSalarial®

SalaryMark®

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee