A empresa, os sindicatos e a folha de pagamento de 2014

No segundo semestre, especialmente nos meses de setembro e outubro, é quando acontece o maior número de acordos coletivos e convenções de trabalho. É um período árduo para os administradores de recursos humanos, diretores e gerentes que assumem as negociações com as categorias e procuram conciliar os interesses dos sindicatos e da empresa. O fato é que o que será decidido agora vai impactar as organizações em todo o ano de 2014. Por isso, é bom ter atenção às concessões e equilibrar bem a balança para não sair no prejuízo.

Fazendo uma análise dos últimos anos, é possível perceber que a percentagem média de reajuste de salário tem ficado um pouco acima da inflação. Em um país geograficamente grande e com centenas de categorias econômicas e profissionais, falar em percentuais médios pode parecer sem sentido. No entanto, é possível realizar um diagnóstico simples para tentar vislumbrar como esses acordos podem impactar a receita das empresas no próximo ano.

Nos últimos três anos, 2010, 2011 e 2012, a média da inflação ficou em 6,2%. Por outro lado, a média dos percentuais de aumento coletivo definidas nos acordos foi de 8% no mesmo período. Em 2010 foi de 8,0%, em 2011 de 8,2% e em 2012 de 7,9%, o que, de modo geral, representou um reajuste de 1,5% acima da inflação. Em 2012, os maiores percentuais de aumento coletivo foram negociados em Curitiba, com média de 8,16%; e São Paulo, tanto na capital quanto no interior, com 7,95% e 7,69%, respectivamente.

Esse cenário, no entanto, não pode ser considerado um indicativo de que, efetivamente, os salários subiram 1,5% acima da inflação, pois existem fatores que contribuem para o crescimento ou não da massa salarial. Um deles é que na última negociação, 55% das empresas limitaram-se ao emprego efetivo do texto do acordo coletivo, aplicando o percentual negociado apenas até os salários de R$ 6,2 mil, em média, destinando aos superiores somente uma parte disso.

Outro fator determinante é que as contratações que acontecem após esse aumento coletivo são realizadas em faixas salariais iniciais, respeitando o piso da categoria, mas sempre utilizando o turnover de pessoal em favor da queda da média salarial interna. Considerando esses fatores e também a média de reajuste dos últimos três anos, a média esperada para 2014 deve ser de aproximadamente 8,03%.

Embora o PIB esteja pequeno, a economia em crescimento lento e a taxa cambial desfavorável, os acordos coletivos desse ano ainda não refletirão essa situação, sofrendo redução. Pelos números já analisados, a parcela de aumento real será mantida e o percentual final será ligeiramente superior ao do ano anterior, motivado pela inflação mais alta. Diante disso, os negociadores terão de ter muita habilidade e informações para garantir um acordo justo para ambas as partes.

Robinson Carreira (Diretor Presidente da Carreira Muller)

Texto originalmente publicado no site www.investimentosenoticias.com.br, dia 31 de outubro de 2013.

Carreira Muller | Construindo Sentidos

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há  3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Acesso gratuito ao módulo Free da ConsultaSalarial®:

Declaro ter ciência e aceitar as condições para navegar no módulo gratuito oferecido pela Carreira Muller:

1 – Para solicitar o acesso é necessário que sejam enviados os dados requisitados no questionário de coleta. As informações recebidas serão analisadas, por parte da Carreira Muller, e o envio destas não acarretará uma liberação automática do acesso.

2 – O prazo de retorno com a confirmação ou declínio do acesso leva até 2 dias úteis.

3 – A forma de comunicação utilizada pela Carreira Muller para informar tudo o que é necessário se faz pelo endereço de e-mail informado no momento do preenchimento do formulário. Portanto, aceitando este termo você também concorda com o recebimento de nossos e-mails. Caso deseje parar de recebê-los há um mecanismo à disposição em cada e-mail disparado.

4 – Não há custo algum para que as empresas selecionadas usufruam desse módulo Free.

5 – Todo o acesso é configurado com base na Razão Social informada pelo solicitante no questionário de coleta. Portanto, se o solicitante deixar a empresa (CNPJ) base cadastrada, o acesso também é desativado.

6 – O informante dos dados se responsabiliza pela veracidade das informações disponibilizadas e pode, a qualquer momento, requisitar a baixa de seu cadastro com a consequente eliminação de todos os dados por ele informados.

7 – Todo o acesso é feito pela nossa plataforma online (www.carreira.com.br) por meio de um login e senha. O login será gerado com base no e-mail corporativo informado nos dados, considerando o tópico 1, e a senha será configurada, pelo próprio solicitante, no primeiro acesso.

8 – O solicitante declara reconhecer que a Carreira Muller é titular exclusiva dos direitos de propriedade intelectual de todo o conteúdo publicado na plataforma. Está ciente que não poderá modificar, transferir, sublicenciar, vender, ou de qualquer forma, colocar à disposição de terceiros, os materiais supra referidos, nem os serviços prestados pela Carreira Muller, a não ser que haja autorização prévia e formal da Carreira Muller, sob pena de responder pelos danos decorrentes dessa conduta.

9 – Considerando a modalidade de oferta desse serviço, a Carreira se resguarda no direito de modificar ou suspender total ou parcialmente tais serviços a qualquer momento, independentemente de notificação prévia.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee