Carreira em nuvem: o que é e como remunerar?

Ao longo dos últimos anos, o conceito de carreira vem passando por diversas reformulações. Em algumas empresas, a carreira tradicional, hierarquizada e por degraus já se desdobrou em carreira em Y e em carreira em W. Mais recentemente, um novo termo surgiu na cena corporativa: o de “carreira em nuvem”

Já tinha ouvido falar sobre o assunto?

Esse é um modelo baseado na livre movimentação, na autonomia e no protagonismo. A Tamiris Cabral, que atua em uma empresa de TI, enviou uma pergunta importante para o time da Carreira Muller.

“Carreira em nuvem: se os profissionais não querem mais estruturas rígidas e hierarquia, como a remuneração vai conseguir acompanhar essa tendência?”. 

O Coordenador de Remuneração da Carreira Muller Felipe Cruz compartilha sua visão sobre o tema. Mas, antes, vamos explicar melhor o que é carreira em nuvem e quais são as suas vantagens.

O que é carreira em nuvem?

É um sistema flexível em que as pessoas conseguem trilhar sua própria carreira por meio de um conjunto de possibilidades não-lineares. Os profissionais se desconectam de uma única estrutura rígida e tradicional para poder crescer: não precisam mais esperar o seu superior direto se aposentar, sair da empresa ou ser promovido.

A carreira em nuvem possibilita que os colaboradores sejam protagonistas da sua própria carreira: caminhem por uma trilha não tradicional, podendo evoluir de acordo com suas competências e qualificações.

Qual é a vantagem da carreira em nuvem?

A principal delas é que o colaborador passa a ser valorizado por suas competências, sem depender de uma movimentação do seu superior para ser promovido. 

Na carreira em nuvem não há correlação direta com o gestor imediato: o colaborador é protagonista da sua carreira, caminha por suas habilidades e competências. Vamos imaginar alguém com perfil de liderança. Em estruturas mais rígidas, essa pessoa acaba presa em uma caixinha, dentro de uma única área; com a carreira em nuvem, pode assumir um projeto específico ou liderar um squad

Em um cenário organizacional competitivo, no qual as pessoas são cada vez mais valorizadas por suas competências, entendemos que é complexo ter um profissional amarrado a uma estrutura hierárquica. Se hoje é mais comum que profissionais procurem atividades que façam mais sentido para seus projetos de carreira e vida, a tendência é termos pessoas se envolvendo em projetos e equipes multidisciplinares, por meio de squads ou hubs. É importante que os profissionais se envolvam com o todo da empresa.

Outra vantagem da carreira em nuvem é a flexibilidade que os colaboradores têm em trilhar sua própria trajetória de uma forma não linear, se desvinculando daquele horizonte de carreira tradicional. Mas, então, como saber “qual é o próximo passo” e “até onde é possível chegar”?

Carreira em nuvem: o que é e como remunerar?

Com isso, a visibilidade do colaborador também aumenta. Ele passa a ser visto por toda a empresa, independentemente da posição que ocupe no Plano de Cargos e Salários. Todas passam a ter a mesma oportunidade para gerenciar uma nova área, um novo projeto, produto ou serviço. Essa liberdade resulta em mais engajamento do time.

E como a liderança faz a gestão da equipe em uma carreira em nuvem?

É bastante complexo e desafiador. “Imagine treinar um colaborador que está em uma posição abaixo e, daqui um tempo, perdê-lo para outra equipe, em uma carreira totalmente diferente, em outra trilha?”, diz Felipe, que evidencia a importância de uma mudança no mindset das lideranças.

Em uma carreira em nuvem, quem está em um degrau abaixo não necessariamente assumirá o lugar da gestão direta, mas pode ser um par na mesma posição. Cabe ao gestor não se apegar a determinados colaboradores, tampouco restringir as oportunidades de um colaborador trilhar outros caminhos em outras áreas.

De que forma a remuneração vai conseguir acompanhar essa tendência?

Essa é a pergunta que vale um milhão. O conceito de carreira em nuvem ainda é muito embrionário, o que dificulta fazer análises estatísticas de mercado (ainda!). A recomendação de Felipe Cruz é que a remuneração por squads, hubs e projetos seja feita por variável — e não por meio de salário fixo. 

“O colaborador pode exercer certa liderança em um projeto, mas ter um papel diferente em outra squad. Como essas movimentações com diferentes papéis são a essência da carreira em nuvem, acredito que a remuneração fixa no curto-médio prazo não faz sentido”, diz Felipe.

Na prática, as empresas terão uma estrutura bem flat (estrutura organizacional achatada), com poucos níveis de liderança e bastante flexibilidade para que os colaboradores se movimentem. A remuneração mais indicada, nesse caso, são os prêmios. Assim, é possível remunerar de forma específica pelo desempenho em determinados projetos pontuais.

“As empresas têm que perder o hábito de aumentar o salário fixo por uma performance ou um desempenho, porque depois não é mais possível mexer. Há outras ferramentas de remuneração para manter o profissional motivado, engajado – e recompensado!”, finaliza Felipe. O caminho da remuneração variável por prêmios é o que faz mais sentido nesse caso — e, se enquadrar na lei, ainda é isenta de tributação.

Aqui, falamos mais sobre as premiações.

E vale lembrar que o conceito de carreira em nuvem foi criado por Rafael Souto, CEO da Produtive Carreira e Conexões com o Mercado. Conversamos com ele no 98º episódio do Quinto Dia Útil, o podcast da Carreira Muller. Para assistir e saber muito mais sobre carreira em nuvem, clique aqui!

Tem alguma dúvida? Envie para a nossa equipe, que será um prazer contribuir! 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há  3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Viva uma experiência inédita no Quinto dia Útil!

Participe dos bastidores do nosso podcast em uma imersão presencial, assistindo à 4 entrevistas em primeira mão, se conectando com outros profissionais da comunidade e com a chance de subir ao palco e fazer perguntas diretamente aos convidados!

Acesso gratuito ao módulo Free da ConsultaSalarial®:

Declaro ter ciência e aceitar as condições para navegar no módulo gratuito oferecido pela Carreira Muller:

1 – Para solicitar o acesso é necessário que sejam enviados os dados requisitados no questionário de coleta. As informações recebidas serão analisadas, por parte da Carreira Muller, e o envio destas não acarretará uma liberação automática do acesso.

2 – O prazo de retorno com a confirmação ou declínio do acesso leva até 2 dias úteis.

3 – A forma de comunicação utilizada pela Carreira Muller para informar tudo o que é necessário se faz pelo endereço de e-mail informado no momento do preenchimento do formulário. Portanto, aceitando este termo você também concorda com o recebimento de nossos e-mails. Caso deseje parar de recebê-los há um mecanismo à disposição em cada e-mail disparado.

4 – Não há custo algum para que as empresas selecionadas usufruam desse módulo Free.

5 – Todo o acesso é configurado com base na Razão Social informada pelo solicitante no questionário de coleta. Portanto, se o solicitante deixar a empresa (CNPJ) base cadastrada, o acesso também é desativado.

6 – O informante dos dados se responsabiliza pela veracidade das informações disponibilizadas e pode, a qualquer momento, requisitar a baixa de seu cadastro com a consequente eliminação de todos os dados por ele informados.

7 – Todo o acesso é feito pela nossa plataforma online (www.carreira.com.br) por meio de um login e senha. O login será gerado com base no e-mail corporativo informado nos dados, considerando o tópico 1, e a senha será configurada, pelo próprio solicitante, no primeiro acesso.

8 – O solicitante declara reconhecer que a Carreira Muller é titular exclusiva dos direitos de propriedade intelectual de todo o conteúdo publicado na plataforma. Está ciente que não poderá modificar, transferir, sublicenciar, vender, ou de qualquer forma, colocar à disposição de terceiros, os materiais supra referidos, nem os serviços prestados pela Carreira Muller, a não ser que haja autorização prévia e formal da Carreira Muller, sob pena de responder pelos danos decorrentes dessa conduta.

9 – Considerando a modalidade de oferta desse serviço, a Carreira se resguarda no direito de modificar ou suspender total ou parcialmente tais serviços a qualquer momento, independentemente de notificação prévia.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

ConsultaSalarial®

SalaryMark®

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee