Reembolso de quilometragem rodado tem defasagem de 70% em relação ao aumento da gasolina

Reembolso de quilometragem rodado tem defasagem de 70% em relação ao aumento da gasolina.

A alta histórica da gasolina comum – 12,68% nos últimos 12 meses – aumentou ainda mais a defasagem do valor de reembolso de km praticado no país. A diferença entre o valor médio de reembolso ante o aumento médio do combustível era de 40% nos últimos 5 anos. Em 2015, essa defasagem chega a 70%. Os dados são de nosso estudo Reembolso de Quilometragem 2015.

Cerca de 80% das empresas optam pela prática do reembolso de quilometragem aos funcionários que exercem atividades externas esporádicas. Anualmente, a Carreira Muller desenvolve um estudo sobre valores e práticas de reembolso para auxiliar essas empresas na definição de suas políticas. Ficamos muito felizes com a publicação do estudo no site da Associação Brasileira de Recursos Humanos. Clique e confira!!

Adquira nossa versão 2017 para o Estudo de Reembolso de KM e fique atualizado!

Carreira Muller | Construindo Sentidos

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há a quase 3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Faça login na ConsultaSalarial®

Acesse nossa área de cursos