DISC: as características do perfil de conformidade

Lump Sum: alternativa para recompensar talentos que aguardam promoção
11/06/2014
Você RH revela se empresas dão “mordomias” em viagens
23/06/2014

Para finalizar a série de textos que detalha cada um dos perfis mapeados pela metodologia DISC (dominância, influência, estabilidade e conformidade), este tratará do perfil comportamental de conformidade. Assim como os outros que compõem a teoria, este último padrão de comportamento também é importante e pode ser o que a empresa procura, dependendo das qualidades necessárias para desempenhar as funções do cargo.

O processo criado pela metodologia DISC consiste no preenchimento de um formulário e na geração de um relatório. Os que tiverem como resultado “Alto C” podem ser considerados conformes. Essas pessoas têm como característica apresentarem uma reação cautelosa e, ao mesmo tempo imprevisível, principalmente em um ambiente onde existem muitas diferenças de opiniões sobre quais decisões tomar.

Também compõem este perfil comportamental outros atributos, como ser cuidadoso, preciso, acurado, perfeccionista e lógico. Isso quer dizer que este profissional, na maioria das vezes, toma decisões assertivas por analisar com muito cuidado todos os fatores envolvidos e ponderar tudo com bastante coerência.

O perfeccionismo, uma das principais marcas do perfil de conformidade, pode ser um ponto positivo ou negativo. O fato é que ele pode fazer com que o profissional se destaque em função da qualidade e da atenção aos detalhes em tudo o que realiza, ou fazer com que não saia do lugar por achar que o que foi desenvolvido não está bom o bastante.

Um fator que motiva o colaborador com este perfil é a política do ambiente de trabalho, que deixa clara quais são as melhores atitudes a seguir de acordo com cada situação. Já a imprecisão, tanto no ambiente quanto nas atividades desenvolvidas, causam insegurança. Vale ressaltar que o perfil de um profissional é formado por diversas características, podendo haver ou não a predominância de algumas delas.

A análise de perfis pessoais é a melhor ferramenta para avaliar se o candidato tem as qualidades comportamentais necessárias para ocupar o cargo disponibilizado na empresa. Muitas vezes, são as características pessoais que definem o sucesso de um profissional em determinada posição, e não as habilidades técnicas.

Portanto, atente-se a isto e conte com a ajuda da Carreira Muller para implementar a metodologia DISC na sua empresa!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X