Perfil do Profissional de TI 2021 - Carreira Muller

Qual o perfil do profissional de Tecnologia?

Convidamos profissionais de Tecnologia, dos mais variados segmentos, para nos contar um pouco mais sobre suas experiências e como estão se sentindo em relação à atuação e trajetória de carreira. Estudo realizado em parceria com a Hays.

hays logo

Estudo realizado em parceria com a Hays Recruiting Experts worldwide, que é um grupo global, líder em recrutamento especializado. No Brasil, atuam com regime de vagas permanentes, temporários, terceiros e PJs. Saiba mais no site deles (Consultoria de Recrutamento e Seleção | Hays Brasil)

O que faz as pessoas levantarem da cama todos os dias e trabalharem aqui?

Apesar de coisas como a flexibilização do horário de trabalho e o Home Office serem importantes, no final do dia, os colaboradores, em geral, continuam buscando por oportunidades de se desenvolverem e serem remunerados de forma justa.

Veja bem, isto não é algo especifico do profissional de tecnologia. Tanto a estruturação de um Plano de Cargos e Salários, como a criação e comunicação de uma trilha de carreira são essenciais para manter o colaborador engajado e motivado. Mesmo que a empresa seja pequena ou esteja ainda se estruturando, este gráfico mostra quão importante estes pontos são para o colaborador.

Sempre precisamos voltar para a pirâmide de Maslow. O que está na base dela, está bem resolvido na sua organização?

Pense também que o número de jovens nos segmentos de Tecnologia é alto, e eles estão sedentos por oportunidades de crescimento e aprendizado. Ao mesmo tempo que se preocupam também com sua estabilidade financeira.

Shiftkey image

Esta lista tem mais de 7 itens, quer saber quais são?

Percepção de Desempenho

Essa questão foi bem interessante. Quando o(a) profissional está inserido num contexto favorável, com mercado de concorrência aquecido e novas necessidades de serviço, que surgem todos os dias, é comum que a pessoa se sinta bem à vontade para classificar seu desempenho como acima da média.

Claro, não menosprezando a atuação especializada e o conhecimento técnico do indivíduo – nós sabemos como o próprio mercado educacional tem melhorado nesse sentido, oferecendo mais cursos e oportunidades – mas há também um viés psicológico por trás, que não devemos deixar passar despercebido.

percepcao de desempenho

Mudança de emprego:
Quando foi a última vez?

Pensando neste aspecto, vale um alerta de tendência: TECH TENURE

Grandes players do mercado de tecnologia apontam alta rotatividade de colaboradores, bem em linha com os dados identificados nesta pesquisa. Muitas empresas do segmento ainda não consideram a estabilidade do funcionário um problema: o mercado está crescendo e os empregos neste setor continuam se multiplicando a cada minuto. A desvantagem de tudo isso, no entanto, é que o setor de tecnologia tem uma das menores médias de estabilidade de funcionários registradas nos últimos anos.

O CEO do Jobvite (empresa de software e recrutamento norte-americana), Dan Finnigan, disse uma vez, em uma entrevista, que como o mundo está mudando muito rápido, existe essa intuição de que se você está fazendo o mesmo trabalho por mais de três anos e nada (ou pouca coisa) mudou, isso significa que sua empresa não é tão dinâmica ou você não é tão dinâmico. Percebe o peso que isso tem no mercado?

Os RHs precisam estar atentos a isso.

Quer acompanhar este estudo em formato de vídeo?

Reunimos dois especialistas, o João Resch e o Renan Veríssimo, para comentar todos os temas tratados neste levantamento.

É uma ótima oportunidade para compreender melhor as análises, aprender como ler e extrair o máximo de informação dos gráficos.

O que mais podemos te ensinar
sobre tecnologia?

O Mateus de Abreu é um dos caras mais criativos, inovadores e inconformados que já entrevistamos! Ele é Head Officer na Randon Ventures – isso mesmo, a Randon, aquela gigante que desenvolve soluções para o transporte, sabe? A empresa sacou a necessidade de se reinventar, pensando em tecnologia e inovação, além de plantar essas sementinhas também em startups, investindo em novos negócios e pessoas.

Bate-papo riquíssimo e essencial para o RH compreender mais sobre aceleração de novos negócios digitais, gestão de times de TI e corporate ventures.

Com a expansão do mercado de Tecnologia, os novos cargos que surgem causam ainda muita confusão dentro do RH. Neste universo tech, temos encontrado muito a presença do Product Manager.

Nós convidamos o Marcell Almeida, que é CEO e co-founder da PM3, empresa referência na educação em Product Management no país, para investigar quem são esses profissionais de produto. Além disso, você já parou para pensar que benefícios, plano de cargos e salários, carreira… Tudo isso pode ser encarado também como um produto? Como você valida, gerencia e aplica esses elementos, na prática?