Por que é importante revisar estruturas organizacionais?

Apresentamos 3 motivos para você revisar as estruturas da sua empresa

Motivo 1

Economia em tempos de crise

Quais motivos levaram à revisão?

Redução de Níveis (45%)
Criação de novos cargos (19%)
Criação de Carreira Y (17%)
Criação de novos níveis (12%)
Criação de Carreira W ou squads (8%)

Um dos principais motivos para a revisão de estrutura é a redução dos níveis hierárquicos e, por consequência redução de custo da operação. Em nossa pesquisa, 45% das empresas disseram ser esse o maior gatilho.

Além dessa questão, no gráfico acima, você também vê que existem outras questões como, criação de novos níveis, novos cargos, carreira Y e squads.

Quando o mercado está em alta, é comum a criação de níveis/cargos para adequação de profissionais com alta performance que demandam crescimento de carreira.

Motivo 2

Competitividade

Quais foram as estruturas revistas?

  • Manufatura (29%)
  • TI (17%)
  • Manutenção (16%)
  • Engenharia (14%)
  • Administrativo (9%)
  • RH (8%)
  • Financeiro (7%)

O gráfico acima, traz a visão geral das estruturas, normalmente, revistas nas empresas.

Este dado foi levantado no segundo semestre de 2020 e, por conta da crise, é claro que a porcentagem de empresas que olham para economia de gastos é mais expressiva. Porém, mesmo assim, 17% das companhias voltaram sua atenção para cargos em alta demanda, como TI.

Isso se dá pela competitividade dos cargos no mercado e pelo surgimento de novas posições.

Ainda não há registros consistentes sobre isso, mas a movimentação causada pela LGPD pode ter contribuído também para este cenário.

Webinar especial do estudo

Com apresentação técnica e comentários do consultor responsável pelo estudo, Felipe Cruz

Motivo 3

Ajustes nas estruturas

Estruturas Organizacionais Blog

Temos dois exemplos práticos que ilustram bem esse terceiro motivo.

O primeiro deles é o caso dos Engenheiros. Isso porque, normalmente, quando o Engenheiro Jr. ganha igual o piso da categoria, a revisão é feita pelo peso do cargo.

Temos um texto muito interessante sobre o assunto aqui.

O segundo exemplo é o que vemos acontecer na área de Manutenção. Com a criação de Operadores Técnicos, que podem fazer pequenos reparos na linha sem precisar acionar a área de manutenção, o headcount dessa área tende a diminuir.

Span Control

Span of Control – Área Industrial

 

Em nosso estudo, também fizemos um levantamento importante sobre o Span of Control em duas áreas-chave: Industrial e Comercial.

Ao lado, apresentamos o gráfico de Span da Indústria.

Como eu sei se o meu Span of Control está errado?

Um levantamento como este do estudo, customizado para o seu segmento, vai te dar uma ideia melhor da concentração de span mais comum e apropriada no seu caso.

Se você é do segmento industrial, o dado, aqui ao lado, já pode ser útil!

Vamos pegar o exemplo do Líder. Veja que, normalmente, cada Líder possui 24 Operadores abaixo dele. Se sua empresa tiver um número muito acima ou muito abaixo disso, é um sinal de alerta!

Se o Líder tiver mais subordinados que o habitual, ele pode estar sobrecarregado, não vai conseguir atender as demandas vindas do seu time, a produtividade vai cair e ele pode perder o controle em situações de relacionamento ou, até mesmo, de segurança do trabalho. O contrário também é ruim. Se um Líder tem menos Operadores, significa que você tem uma estrutura de liderança muito inchada, muito cara. Além de estar exigindo pouco dessa cadeira de Gestão.

Temos observado, no mercado, uma tendência de substituição dos Líderes por Supervisores. Isso só é possível num cenário em que os Operadores têm mais autonomia e são mais maduros, possibilitando que a empresa conte com um cargo de “mais peso” em sua estrutura para fazer a gestão de um número maior de Operadores.

Conteúdo Extra

Clique nas imagens a seguir, e confira os textos que temos, em nosso blog, sobre o tema!

Covid 19 - Como ficam as estruturas?
Covid 19 - Como ficam as estruturas?

O estudo completo tem mais informações sobre:

– Níveis existentes na estrutura
– Formas de controle
– Periodicidades do controle e de revisão
– Áreas responsáveis pelo tema
– CSC e CDE
– Estruturas no mercado, por área
– Cargos de gestão no mercado
– Distribuição de cargos por família
– Span of Control da área Comercial e Administrativa
– Distribuição de pessoas por nível hierárquico

O estudo completo é disponibilizado apenas em nossa plataforma de remuneração, a ConsultaSalarial®.