Carreira Y garante retenção de profissionais especialistas

Empresas de todo o mundo estão trabalhando em prol da captação e retenção de talentos, diante de um mercado em que é necessário ter profissionais cada vez mais especializados e competentes.  Diversos fatores são utilizados como ferramenta para promover o engajamento dos colaboradores e mantê-los com um alto nível de produtividade. Para isso, a inovação nas políticas de cargos e salários é essencial. Nesse sentido, surgiu uma nova proposta nos últimos anos que sugere uma forma diferenciada para gerenciar a ascensão profissional dos trabalhadores dentro das organizações. Trata-se da carreira Y!

Este conceito possui este nome em razão da letra de referência, formada por uma linha reta até o ponto em que existe uma bifurcação. Esse símbolo serve como metáfora para explicar que em determinado momento da jornada profissional uma escolha deve ser feita.

A carreira Y permite uma evolução pelo caminho técnico ou de gestão. Assim, possibilita o crescimento de colaboradores mesmo que não tenham o perfil gerencial.

De acordo com as práticas tradicionais de mercado, um profissional é promovido até chegar a um cargo de gestão. No entanto, nessas situações, a empresa pode estar colocando um profissional técnico excelente para desempenhar uma função de gestão, para o qual ele não possui habilidades. Nesses casos, os resultados não são bons nem para a empresa e nem para o profissional.

“Nesse modelo, o profissional crescia verticalmente, estagnava no cargo aguardando uma promoção para posições de gestão ou pedia demissão. A falta de opções neste modelo de carreira acarretava vários problemas, entre eles a promoção de grandes especialistas para um cargo de gestão: perdia-se um grande especialista e ganhava-se um péssimo líder”, explica o gerente de projetos e pesquisas da Carreira Muller, Flávio Pavan. Ainda de acordo com ele, esse foi um dos principais fatores que colaboraram para a busca de uma nova forma de gerir carreiras.

A implantação de um modelo de gestão de pessoas que considere a carreira Y é fundamental para a retenção de bons talentos, tanto na área de gestão quanto na técnica. Para que um programa de carreira Y seja efetivo, é importante que a empresa o estruture tendo em mente que os profissionais especialistas devem ter equiparação aos cargos de gestão em relação à remuneração, benefícios e status.

Esses e outros itens referentes a este tipo de gestão de carreiras compõem o estudo Carreira Y 2014. Desenvolvido pela Carreira Muller, a pesquisa mapeou o cenário no qual se encontram os profissionais que optaram pela carreira Y e as práticas de remuneração do mercado. Informação é a peça fundamental para estruturar um modelo de gestão que valorize os profissionais especialistas e garanta a retenção de talentos.

Carreira Muller | Construindo Sentidos

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há a quase 3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

ConsultaSalarial®

SalaryMark®

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee