Ação propõe levar os pais ao trabalho. O que a empresa ganha com isso?

A influência da família na carreira é algo que acontece desde muito cedo com o investimento em educação. Afinal, matricular os filhos em uma boa escola, inscrevê-los em cursos de idiomas e proporcionar atividades como balé e judô não serve apenas para preencher o tempo livre. Todas essas atividades têm o potencial de desenvolver habilidades úteis para o crescimento no trabalho.

Mas, com o passar dos anos, as pessoas fazem suas próprias escolhas e o caminho do trabalho se desvincula da família. Pensando em reaproximar os pais da vida profissional de seus filhos, a rede social Linkedin, voltada para o mundo corporativo, criou o “Dia de Levar os Pais ao Trabalho” que aconteceu no último dia 6 de novembro em diversas partes do mundo.

O intuito da iniciativa é proporcionar aos pais que conheçam mais sobre a rotina de trabalho de seus filhos, suas atividades, responsabilidades e seu cotidiano. A ação foi lançada em 2013 depois que uma pesquisa mostrou que mais de um em cada três pais não conheciam ao certo a profissão dos filhos.

A pesquisa deste ano traz ainda outros dados interessantes sobre a influência da família no trabalho. Quase 70% dos pais brasileiros, por exemplo, consideram que impactaram diretamente na carreira dos filhos e os principais motivos apontados por ele são: apoio financeiro na educação (65%), conselhos profissionais (58%) e moradia (50%).

Quando essa ação foi realizada pela primeira vez contou com a participação de 15 mil pessoas em 14 países. Este ano, já são 16 nações ao redor do mundo quem participaram da ação, o que mostra o interesse das empresas neste tipo de iniciativa. O setor de Recursos Humanos é fundamental e o propulsor da adoção deste tipo de política dentro da empresa.

Apesar de não proporcionar ganhos financeiros aos colaboradores, ações deste tipo têm potencial para melhorar sua qualidade de vida e identificação com a empresa. E fazer com que ele se sinta bem com o local onde trabalha é um fator determinante para sua permanência dentro da organização.

Ações não convencionais podem ser muito úteis para a retenção de talentos e devem ser consideradas pelo RH.

Que tal inserir ideias inovadoras no planejamento de 2015? Elas podem render bons frutos para a empresa e para os colaboradores.

Carreira Muller | Construindo Sentidos

Carreira Muller

Somos uma consultoria especialista em gestão de remuneração que, há a quase 3 décadas, trabalha para desenvolver pessoas e negócios.

Acompanhe-nos

Confira também outros artigos

Separamos mais algumas leituras relacionadas com a publicação acima para você
se aprofundar ainda mais nos conteúdos de remuneração.

Solicite seu Diagnóstico

Preencha os campos abaixo para solicitar seu diagnóstico

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Solicite uma demonstração

Preencha os campos abaixo para solicitar sua demonstração

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

Fale com um consultor

Será um grande prazer retornar sua solicitação!

Fique tranquilo que seus dados estão seguros conforme nossa política de privacidade, frente a Lei de Proteção de dados.

ConsultaSalarial®

SalaryMark®

Acesse nossas plataformas

Acesse nossa área de cursos

Acesse agora o Astrobee