Saiba quais os melhores benefícios para funcionários sem ensino superior

Reajuste nos benefícios é tendência
16/10/2013
Jovens gestores e a (falta de) maturidade
25/10/2013

É senso comum dizer que é preciso ter um curso de nível superior para ter um bom emprego. Porém, as vagas que mais apresentam crescimento são justamente aquelas que não o exigem. Como exemplo: vendedor, auxiliar administrativo e ajudante de construção civil, por exemplo. As informações são da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho, que calculou que de 2003 ao fim de 2012 houve um crescimento de 60% no mercado formal. Saltando de 30 milhões para 47,5 milhões os vínculos empregatícios legais para vagas que não exigem ensino superior.

Nesse período, a atividade de auxiliar administrativo aumentou 1,5 milhões de vagas. No período de realização da pesquisa, foi apontado também que o número de vendedores cresceu muito em função de 491 mil novas lojas criadas no país. E esses índices só devem aumentar com a chegada de 2014 e da Copa. A maioria dos novos postos de trabalho estará ligada a área de serviços.

Mas para os funcionários que não possuem ensino superior, qual seria um benefício atraente para retê-los? O objetivo desses profissionais, geralmente, é crescer e conseguir o melhor de si. Por isso, a empresa que investe neles mostra-se interessada em ajudá-los nesse processo e retê-los na organização. Por este motivo as verbas destinadas a auxiliar no custo da faculdade é um dos benefícios mais indicados para empresas com este perfil de colaborador. Além de estimular os profissionais pelo benefício oferecido ainda traz qualificações para sua empresa. Aqueles que se dedicarem, provavelmente, vão conseguir a tão almejada ascensão profissional.

Outros benefícios merecem atenção especial aos colaboradores ainda não formados. Vales alimentação e transporte. Principalmente porque devem ser mais utilizados se o funcionário estiver cursando a faculdade.

Para especificar melhor os benefícios que são indicados a cada quadro de funcionários, a dica é se informar com pesquisas de mercado, para manter a sua empresa competitiva. Os colaboradores precisam, cada vez mais, mostrar-se diferentes para as empresas, mas estas também precisam mostrar o quanto estão dispostas a reter seus talentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X