Novas metodologias auxiliam na retenção do conhecimento

RH estratégico: perfil ideal para enfrentar a crise
23/03/2016
Estudo reúne práticas de mercado na estruturação de Conselho Administrativo de Empresas Familiares
05/04/2016

Treinar colaboradores, além de ser uma ótima maneira de demonstrar o interesse de uma corporação em agregar mais conhecimento à equipe, pode ser uma forma bastante estratégica de capacitá-los para resolverem questões referentes à rotina de trabalho.

É fato que, em tempos de crise, é de se esperar que os treinamentos tenham um investimento reduzido, algo que, infelizmente, é realidade. Somando-se à essa dificuldade, o RH também precisa demonstrar a efetividade dos cursos para a alta gerência, com resultados que podem ser refletidos no comportamento daqueles que passaram pelo treinamento, como melhor relacionamento com a liderança, aumento de produtividade ou até mais parcerias e vendas concretizadas.

Entretanto, para que o aprendizado seja efetivo, os treinamentos precisam ser diferentes e seus resultados, medidos. De acordo com o Panorama Treinamento no Brasil 2015, realizado pela Associação Brasileira de Treinamento, a ABTD, somente 8% das empresas brasileiras que mais empregam avaliam o resultado realizado em treinamentos, contra a média de 28% global. Em relação à retenção de conhecimento, a média global é de 40%, enquanto no Brasil, apenas 23% do que é passado nas aulas é retido pelo funcionário por longo tempo.

Para mudar esse cenário, as empresas estão investindo em novas formas de ministrar os cursos, de maneira que eles se tornem não apenas uma palestra com conteúdo dado, mas uma troca de experiência que seja memorável. Assim, o profissional de RH precisa estar atento para acompanhar essa tendência e verificar a melhor maneira de implantá-la dentro da empresa em que atua.

Um dos métodos utilizados é o da Andragogia, contraposição da pedagogia, ou seja, ensino para adultos. A técnica não utiliza somente a exposição de pensamentos, mas a prática, vivência e experiência para que o aprendizado aconteça. Nela, os alunos aprendem compartilhando conceitos, e não somente recebendo informações a respeito do assunto. Isso se deve ao fato de adultos e crianças aprenderem de formas diferentes e, por isso, o método de ensino precisa ser diferente também.

Pensando nisso, muitas empresas optam por uma prática lúdica de forma a reter melhor o conhecimento. Em algumas grandes empresas, há até a utilização de instrumentos de percussão e histórias para que o aprendizado seja efetivo. Outro método interessante é colocar problemas reais da empresa para serem discutidos – e que precisam ser resolvidos estrategicamente-, o que acaba por formar líderes melhores e com ampla visão do quadro todo.

A técnica dos quatros “is” também é bastante utilizada. Os “is” são: envolver (involve, em inglês), entrar (input), implementar e integrar. Junto a ela, utiliza-se a teoria dos 90x20x8, números que significam o tempo de cada ação: ninguém fica sentado por mais de 90 minutos, por 20 recebe o aprendizado e a cada oito minutos o participante é envolvido pelo terceiro ou o quarto ‘i’.

Todas as novas metodologias devem ser analisadas com cuidado pelo RH, para serem implantadas na empresa de forma eficaz e de maneira a ir de encontro com o que é necessário para a empresa, para que os resultados sejam definitivos.

 

Treinamentos da Carreira Muller

O RH, além de ser personagem chave na definição de treinamentos a serem aplicados dentro da instituição, precisa se capacitar, conhecer técnicas e práticas de mercado, para exercer ainda mais estrategicamente seu papel. Na Carreira Muller, dois cursos auxiliam o profissional de RH que busca qualificação: Descrição de Cargos: Processo e elaboração e Plano de Cargos e Salários.

Confira como funcionam:

 

Plano de Cargos e Salários

Ter um Plano de Cargos e Salários é imprescindível tanto para que os profissionais conheçam as possibilidades envolvendo sua carreira dentro de uma empresa, quanto para a própria companhia, que terá em mãos ferramentas de gestão eficazes no engajamento de talentos e na rentabilidade da companhia.

O treinamento aborda a construção e administração de um Plano de Cargos e Salários sob a nova perspectiva estratégica de carreira e remuneração – aqui são apresentadas todas as etapas para estruturação e implantação de um Plano de Cargos e Salários.

Próximo curso: 22 e 23 de junho de 2016 – Campinas

 

Descrição de Cargos

Descrever adequadamente os cargos da organização, formalizando suas atribuições, deveres e requisitos inerentes à função é uma atividade que exige conhecimentos técnicos e domínio do processo. Esse treinamento oferecido pelos Consultores da Carreira Muller apresenta os princípios e a importância de se delimitar as atividades relativas a cada uma das suas ocupações, possibilitando que seus participantes adquiram conhecimentos e desenvolvam as habilidades na organização dos processos e elaboração das descrições dos cargos. 

Próximo curso: 16 de agosto de 2016 – Campinas

 

Carreira Muller | Construindo Sentidos

3 Comentários

  1. janete disse:

    muito bom o seu artigo

  2. Rangel Torrezan disse:

    Olá, gostei muito do artigo. … só gostaria de saber a fonte correta da pesquisa que vocês tiraram a informação: “Em relação à retenção de conhecimento, a média global é de 40%, enquanto no Brasil, apenas 23% do que é passado nas aulas é retido pelo funcionário por longo tempo.”

    Seria possível passar a referencia desse material?

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X