Férias podem resultar em mais produtividade

27 de agosto: Dia do Psicólogo
27/08/2014
9 de setembro: Dia do Administrador
09/09/2014

Já é consenso entre as empresas que as férias agregam benefícios não apenas aos funcionários, mas também à organização. Um colaborador descansado depois de um período de folga volta com mais energia, bom humor e disposição, o que resulta em mais produtividade.

Mas nem sempre é fácil se desligar das atividades do trabalho, mesmo durante o período de férias. Muito em razão da tecnologia, é possível trabalhar estando longe do escritório.

Uma pesquisa realizada pelo site de viagens TripAdvisor, mapeou a satisfação dos profissionais com o período de férias e também os hábitos do trabalho que não conseguem deixar de lado nesse momento. O levantamento foi realizado em 10 países e contou com a participação de mais de 16 mil empregados. De acordo com a média global, os dias de férias remuneradas concedidos são 24, mas a maioria considera 29 dias um período mais justo.

Analisando os dados relacionados ao Brasil, é possível afirmar que o país é um dos mais insatisfeitos com o total de dias de férias.

Em média, os brasileiros gozam de 24 dias de descanso, mas consideram justo 33.

São nove dias de diferença, assim como no Japão, onde o período é de 18 dias, mas o ideal seria 29. Ainda assim, 57% dos brasileiros responderam estarem satisfeitos com o tempo que recebem de férias e 76% avaliam o período como justo em comparação com o praticado em outras partes do mundo.  A França, entre os países mapeados, é o único que analisa como adequado os seus 31 dias de descanso.

A pesquisa também identificou as práticas que os profissionais não conseguem abandonar mesmo estando longe do trabalho.

Para a maioria, a justificativa para isso é resolver questões que podem ser urgentes. 65% dos entrevistados, por exemplo, disseram que verificam os e-mails e 56% deles chegam a responder as mensagens. Outra prática bastante comum é retornar ligações, o que acontece com 20% dos participantes. Já criar e editar arquivos são atividades feitas por 26% dos respondentes.

É valido lembrar que as férias são um período de descanso e isso deve ser feito de maneira plena para que o funcionário e a empresa possam colher os benefícios depois. Por isso, é importante orientar os colaboradores para que não levem o celular corporativo, notebook e materiais de trabalho para a viagem ou para a casa.

O setor de Recursos Humanos é o responsável por todo o processo burocrático que envolve as férias.

No entanto, essa área também pode ser ativa no papel de guiar os gestores a orientarem suas equipes a não trabalharem durante as férias, mesmo que queiram. Afinal, uma empresa que valoriza o bem-estar de seus colaboradores colhe mais produtividade e engajamento.

 

1 Comentário

  1. janete disse:

    muito bomo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X