DISC na prática: empresas comentam benefícios de utilizar a metodologia

Carreira em W: Líderes mais preparados, times de alta performance e pessoas mais satisfeitas
01/02/2017
Entrevista com Barry Schwartz: por que você trabalha?
15/02/2017

Há algumas semanas, nós falamos aqui no blog sobre a análise de perfil pessoal de colaboradores e candidatos baseada na metodologia DISC (sigla em inglês para Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade), que permite compreender as atitudes e motivações de cada profissional. Para facilitar o entendimento de cada perfil, usamos algumas personalidades conhecidas nacional e mundialmente para ajudar o RH a ter uma visão mais ampla de como podem ser classificados os profissionais da sua empresa e, quem sabe, reconhecer a si próprio em algum dos perfis.

Para este texto, convidamos dois clientes a nos contar sobre suas experiências com o DISC, a Camila Elaine Faustino, Analista de Desenvolvimento de RH na PST, e o Marcos da Cunha Ribeiro, Consultor na Carpsi.

Há mais de vinte anos, a Carreira Muller representa o sistema Thomas International, o mais utilizado em avaliações comportamentais no mundo. Ao longo desse tempo, conduzimos processos em centenas de empresas e processamos milhares de relatórios.

Abaixo, confira os depoimentos e entenda como o DISC funciona:

“O DISC é uma ferramenta importante para os nossos processos seletivos, nos traz os pontos fortes, possíveis limitações do candidato e valor que o mesmo possa trazer ao negócio, permitindo que nosso processo se torne mais assertivo, oferecendo informações que possam nos ajudar a apresentar o candidato mais próximo do perfil que o gestor necessita. É também uma ferramenta de suporte, para possíveis promoções. Assim, quando conhecemos a solução da Carreira Muller baseada nessa metodologia, nos sentimos seguros para contratá-la.” (Camila Faustino)

“Tenho experiência de mais de 15 anos com DISC e posso dizer que ele tem sido agente promotor de melhorias nas empresas, pois é ideal como ferramenta de suporte em seleção e recrutamento. Aqui na empresa, nós atuamos na orientação profissional e no desenvolvimento organizacional, e ele é imprescindível para a apresentação concreta dos resultados do nosso trabalho para os clientes: no caso de grupos de funcionários de um projeto com assessment, a devolutiva inclui discussão do case com orientação para o indivíduo e, depois da análise do grupo, as recomendações de reformatação de equipes, perfis desejáveis para novas contratações e orientação aos gerentes e diretores sobre como melhor aproveitar das características do indivíduo. Já no processo de Coach, o DISC é acelerador de autoconhecimento do indivíduo e também redutor de horas de anamnese antes de iniciar o processo de desenho de carreira e assessment por competências.” (Marcos Ribeiro)

 

Receba nossos materiais e publicações

 

Carreira Muller | Construindo Sentidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X