Os benefícios da confraternização de final de ano

A importância da análise de perfil pessoal para cargos de liderança
30/10/2014
Mobilidade é tendência no mundo do trabalho
12/11/2014

O final do ano está chegando e com ele as confraternizações, muito comuns tanto nas pequenas quanto nas grandes empresas. Não importa se o evento será uma grande festa em um fim de semana, um almoço ou um happy hour. Este é um momento muito importante de celebração entre a empresa e o funcionário. Por isso, o evento deve ser planejado com o objetivo claro de trazer benefícios como: promover integração e valorizar o trabalho daqueles que durante todo o ano dedicaram várias horas de seu tempo para a organização.

“Para os colaboradores é uma ótima oportunidade para ampliar a rede de relacionamentos, ativar o networking, se aproximar dos colegas de outras áreas e dos líderes. Lembrando que a ocasião não é para falar apenas em trabalho, mas também para relaxar e recarregar as energias”, avalia a coordenadora de marketing da Carreira Muller, Christiane Betta.

Ainda de acordo com a profissional, a empresa também colhe muitos benefícios com este tipo de ação. O fortalecimento de sua imagem, interna e externamente, está entre os principais deles.

Este também deve ser um momento de reforçar ao colaborador os valores que a organização possui e demonstrar a importância de seu trabalho para que a empresa alcance os resultados desejados. “Alguns minutos de boas vindas do presidente é sempre interessante.  Reconhecimento e premiação dos colaboradores destaque é outra opção que pode entrar no planejamento do evento”, explica Christiane.

Além de ser um fator motivador, a confraternização também pode ser um termômetro do clima organizacional. Uma abstenção significativa nesse tipo de evento deve ser levada em consideração e o motivo para isso deve ser mapeado e corrigido. Afinal, se os colaboradores estão felizes com seu trabalho e com a empresa, eles vão querer celebrar e participar desse momento de descontração.

É importante que a confraternização seja planejada levando sempre em consideração a ética profissional e os bons princípios, além da coerência com o momento vivido pela empresa. Por exemplo, não é recomendável sortear viagens ou presentes sofisticados em um período de demissões em massa. Isso pode trazer resultados irreversíveis.

“Uma confraternização bem estruturada funciona como uma forma de combustível para manter os colaboradores mais motivados e isso sempre agrega bons resultados”, finaliza Christiane.

 

Carreira Muller | Construindo Sentidos

1 Comentário

  1. felipe disse:

    Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigado 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X