3 sinais de que seu plano de cargos não funciona como deveria

O mercado regional impacta os salários das multinacionais?
27/09/2018
Conheça os pilares para a aplicação de uma remuneração justa e eficiente
11/10/2018

Durante as visitas comerciais, é muito comum nos depararmos com planos de cargos e salários que não funcionam ou que não entregam todo o potencial que deveriam.

Focados nisso, vamos apresentar três sinais de alerta que, quando identificados, devem fazer a gestão repensar a estrutura de cargos

1. Auxiliares e assistentes com família de cargos (Ex. Auxiliar I, II e III)

Quando isso acontece, fica claro que a estrutura não está alinhada com o mercado, porque essa não é uma prática comum. Pense bem, é possível mesmo diferenciar um auxiliar I do auxiliar II?

2. Os níveis de Gerentes mal definidos

Se os níveis não estão evidentes ou se eles se “misturam” em algum momento, não há como compará-los de forma precisa com o mercado.

A gestão precisa ser capaz de olhar para o time de liderança e identificar os pesos dos cargos de acordo com a estrutura das áreas, as responsabilidades e os processos envolvidos. Perceba, na imagem abaixo, que quando os níveis estão bem construídos e delimitados, a organização das estruturas fica mais clara, de acordo com os perfis (operacional, tático e estratégico). Isso facilita a gestão do plano de cargos e salários.

 

Se algum desses pontos não está claro na sua empresa, acenda o sinal de alerta!

3. Cargos de especialistas criados só para justificar salários

É comum encontrar empresas que não sabem destacar quais áreas precisam da carreira de especialistas, mesmo porque, não são todos os segmentos que têm essa disposição. Por exemplo, ramos industriais, de desenvolvimento de produtos e automação oferecem a flexibilidade para o desenvolvimento desse tipo de carreira, porque abrangem muitas áreas técnicas. Porém, mesmo assim, nem todas as áreas são elegíveis. É o caso do Financeiro – qual seria a real necessidade de se manter um especialista/técnico para atividades habituais?


Esses pontos são indícios de que algo não vai bem. As primeiras ações necessárias, nesses casos, são reconsiderar a estrutura de cargos, entender e conhecer sua organização, e isso é parte importante do diferencial da sua marca no mercado – se você sabe para onde ir, fica mais fácil delimitar os caminhos.

Nós falamos sobre o assunto no webinar – Estruturação de Cargos Operacionais. Acesse por aqui.

Receba nossos materiais e publicações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Assine a nossa newsletter

X